Jean Paul Gaultier Scandal Eau Parfum

Jean Paul Gaultier apresenta uma nova edição Jean Paul Gaultier Scandal em Agosto de 2017.

Jean Paul Gaultier sempre foi um mestre na arte de misturar géneros. A sua moda e os seus perfumes reconciliam os opostos.

A sua inspiração multi-cultural, o seu desacordo e provocação, compõem a riqueza de suas criações vanguardistas, livres e generosas.

Provocantes, mas altamente desejáveis, os perfumes Jean Paul Gaultier reflectem temas especiais para o criador. O feminino, com o espartilho como peça chave, representa a alta costura para ela.

O masculino tem como representação a camisa de marinheiro para ele.

” O perfume é a primeira peça de vestuário que colocamos sobre a pele.” Jean Paul Gaultier.

A primeira edição foi criada em 1993 e a mais recente é de 2017.

Scandal de Jean Paul Gaultier é um perfume Chipre Floral Feminino.

Jean Paul Gaultier Scandal Eau Parfum

O perfumista que assina esta fragrância é Daphne Buge.

As notas de topo são Laranja sanguínea e Gardênia.

A nota de coração é Mel.

A nota de fundo é Patchouli ou Oriza.

Esta é a primeira fragrância de Jean Paul Gaultier lançada com a Puig. A marca declarou que ela queria oferecer uma versão diferente das fragrâncias anteriores da coleção Jean Paul Gaultier respeitando o conhecido ADN da marca e “parando com a febre das edições limitadas.”

O objectivo é criar algo mais especiado, festivo, sexy e divertido, desde o frasco à publicidade.

O escândalo promete uma “aura elegante” com o “espírito de Pigalle “.

Jean Paul Gaultier Scandal

Jean Paul Gaultier Scandal

Scandal foi feito para quebrar todos os clichés, oferecendo algo novo e moderno, e ao mesmo tempo poderoso e elegante.

As notas chave da composição são laranja sanguinea, mel, patchouli e gardênia, que unidas compartilham um efeito cremoso, terroso e balsâmico gourmet, com tonalidades quentes, profundas e amadeiradas.

A campanha de publicidade foi criada como uma mistura de sexo e política. “Decidimos contar a história de ‘Madame La Ministre.’ Ela é uma ministra do governo que vai na balada do bairro de Pigalle em Paris e vai de seguida directamente para o escritório para trabalhar.

O rosto da publicidade é a modelo Vanessa Axente, saindo de um clube num vestido preto justo. No seu carro, cheio de amigos, ela literalmente perde o fato à medida que o carro acelera pelas ruas de Paris em direcção ao Élysée Palace, onde ela sai elegantemente num fato sério para se juntar aos colegas,” explica Jose Manuel Albesa, chief brand officer da Puig.

Jean Paul Gaultier Scandal

 

Jean Paul Gaultier Scandal

Jean Paul Gaultier Scandal

Disponível em 30, 50 e 80 ml Eau Parfum. e ainda Gel de Banho e Loção Corporal de 200 ml.

Caso pretenda comprar este perfume, recomendamos https://www.essenciadoperfume.com/jean-paul-gaultier

 

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este website utiliza cookies que asseguram funcionalidades para uma melhor navegação.
Ao continuar a navegar está a concordar com a sua utilização.